Toscana brasileira fica bem pertinho de São Paulo – um passeio imperdível para quem curte gastronomia

A cadeia de montanhas da Serra da Mantiqueira inicia perto de Bragança Paulista, passa por Espírito Santo do Pinhal, Santo Antônio do Pinhal, Campos do Jordão, Visconde de Mauá, fazendo divisa entre São Paulo, Rio de Janeiro e Minas Gerais.

Se até um passado recente, apenas a região voltada para o Vale do Paraíba era celebrada como destino turístico de temperaturas amenas, principal atrativo aos visitantes da região, agora outros lugares da Serra têm seu turismo incrementado, graças à boa mesa.

A gastronomia de qualidade pode ser encontrada nos arredores de Andradas, Poços de Caldas, Espírito Santo do Pinhal, Águas da Prata e Soa João da Boa Vista. É feito azeite de qualidade em Andradas, Machado e Maria da Fé, todas cidades do interior de Minas. Em Bueno Brandão, há uma produção importante de queijos.

O vinho sempre foi a especialidade de Andradas, graças aos italianos que se instalaram, no século XIX, ao pé da Serra. O destaque é para a Casa Geraldo, mas a cidade tem inúmeras vinícolas familiares. No entanto, a região acaba de ganhar nova vinícola de produtos finos, a Guaspari, que fica em Pinhal, e que começa a fazer vinhos dignos dos principais concursos mundiais.

Passar um dia na Guaspari é um deleite. As paisagens são lindas. Os visitantes são chamados a conhecer a área plantada, os toneis e barris, e ainda há degustações, como aquelas existentes na Toscana, na Itália; Vale do Douro, em Portugal; ou em Mendoza, na Argentina.

Pinhal, que sempre foi conhecida por seus cafés, agora ainda começa a se destacar por sua gastronomia. O Opção Trattoria é um destaque das boas mesas locais. A casa faz questão de usar produtos regionais em seus pratos e bebidas, como a polenta feita em moinho antigo, os cafés locais, e os vinhos da Guaspari. O restaurante tem clima familiar e a comida não deixa a desejar às boas casas de São Paulo.

A chef Ale Lourenço resgatou algumas tradições culinárias dos povos italianos que se mudaram para o lugar, no começo do século XX. Alguns dos destaques do seu cardápio são a polenta servida com confit de pato ou então com camarões rosa. Da sua cozinha ainda saem massas caseiras recheadas, carnes suculentas, e sobremesas que levam um toque do café plantado ali.

E a boa gastronomia não termina aqui. Na estrada de Pinhal à mineira Andradas, há inúmeras lojas de queijos artesanais e doces coloniais. Sem contar a paisagem da estrada, algo que já valeria a viagem. Um pouco mais longe, mas um passeio igualmente interessante, é o Mercadão Municipal de Poços de Caldas, com seus produtos típicos, cachaças artesanais, azeites locais e vinhos regionais. Um passeio que dá para fazer num único dia, saindo de São Paulo pela manhã, de carro, e voltando à noite. Mas a região também tem boas pousadas. Nada como acordar numa paisagem cálida de ar puro e boa mesa.

Serviço:
Opção Trattoria, em Pinhal, na Rua Abelardo Cesar 152 (Praça da Bandeira), tel.: (19) 3661.4646 www.opcaotrattoria.com.br
Queijos Serra das Santas, em Bueno Brandão: Agendamento de visitas pelo site www.serradasantas.com.br
Vinícola Guaspari, em Pinhal: Visitas podem ser agendadas pelo site www.vinicolaguaspari.com.br
Casa Geraldo, em Andradas: Visitas podem ser agendadas pelo site www.casageraldo.com.br
Mercado Municipal de Poços de Caldas, Rua Pernambuco, s\n, tel.: (35) 3712-3207

Autor: Alexandre Staut